Proporção de estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental com aprendizagem adequada em Escrita

Identifica a proporção percentual de estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental matriculados na Rede Pública com aprendizagem adequada em Escrita, a partir dos resultados da Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA). O objetivo da avaliação é traçar um diagnóstico da alfabetização dos alunos nos primeiros anos do Ensino Fundamental, com base em amostras de todas as Unidades da Federação do País.

carregando indicadores
Compare com outras localidades

Localidade
Filtro
Último valor

Nota técnica

A seguinte escala de pontuação deriva dos critérios descritos em cada nível para a qualificação do aluno nas provas de Escrita:

NÍVEL 1 (menor que 350 pontos)

Em relação à escrita de palavras, os estudantes que se encontram neste nível provavelmente não escrevem as palavras ou estabelecem algumas correspondências entre as letras grafadas e a pauta sonora, porém ainda não escrevem palavras alfabeticamente. Em relação à produção de textos, os estudantes provavelmente não escrevem o texto ou produzem textos ilegíveis. 

NÍVEL 2 (maior ou igual a 350 e menor que 450 pontos)

Em relação à escrita de palavras, os estudantes que se encontram neste nível provavelmente escrevem alfabeticamente palavras com trocas ou omissão de letras, alterações na ordem das letras e outros desvios ortográficos. Em relação à produção de textos, os estudantes provavelmente não escrevem o texto ou produzem textos ilegíveis.

●  NÍVEL 3 (maior ou igual a 450 e menor que 500 pontos)

Em relação à escrita de palavras, os estudantes que se encontram neste nível provavelmente escrevem ortograficamente* palavras com estrutura silábica consoante-vogal, apresentando alguns desvios ortográficos em palavras com estruturas silábicas mais complexas. Em relação à produção de textos, provavelmente escrevem de forma incipiente ou inadequada ao que foi proposto ou produzem fragmentos sem conectivos e/ou recursos de substituição lexical e/ou pontuação para estabelecer articulações entre partes do texto. Apresentam ainda grande quantidade de desvios ortográficos e de segmentação ao longo do texto.

NÍVEL 4 (maior ou igual a 500 e menor que 600 pontos)

Em relação à escrita de palavras, os estudantes que se encontram neste nível provavelmente escrevem ortograficamente* palavras com diferentes estruturas silábicas. Em relação à produção de textos, provavelmente atendem à proposta de dar continuidade a uma narrativa, embora possam não contemplar todos os elementos da narrativa e/ou partes da história a ser contada. Articulam as partes do texto com a utilização de conectivos, recursos de substituição lexical e outros articuladores, mas ainda cometem desvios que comprometem parcialmente o sentido da narrativa, inclusive por não utilizar a pontuação ou utilizar os sinais de modo inadequado. Além disso, o texto pode apresentar alguns desvios ortográficos e de segmentação que não comprometem a compreensão.

NÍVEL 5 (maior ou igual a 600 pontos)

Em relação à escrita de palavras, os estudantes que se encontram neste nível provavelmente escrevem ortograficamente* palavras com diferentes estruturas silábicas. Em relação à produção de textos, provavelmente atendem à proposta de dar continuidade a uma narrativa, evidenciando uma situação central e final. Articulam as partes do texto com conectivos, recursos de substituição lexical e outros articuladores textuais. Segmentam e escrevem as palavras corretamente, embora o texto possa apresentar alguns desvios ortográficos e de pontuação que não comprometem a compreensão.

 

Baixar todos os dados do indicador

Excel (csv) LibreOffice (ods) Excel (xls)